Em comemoração aos 10 anos no Brasil, CMPC promove shows gratuitos e oficinas culturais em Guaíba

10/07/1919

Referência no mercado de celulose e papel, a CMPC está comemorando 100 anos de história no mundo e 10 anos de atuação no Brasil. Para celebrar, a empresa preparou uma programação especial em Guaíba, onde aconteceram dois dias de festividades com shows, oficinas e atrações culturais, esportivas e gastronômicas. A festividade ocorreu na Praça da Juventude na orla do Guaíba, no dia 7 e 10 de novembro, com entrada gratuita.

A organização do evento – entre produção, montagem e execução – envolveu mais de 40 pessoas. “Preparamos uma grande comemoração com o objetivo de integrar toda a comunidade de Guaíba. Foram diversas atrações especiais valorizando a cidade e gerando renda imediata para os empreendedores locais, visto que exceto os shows, todo restante foi contratado localmente”, afirma o diretor-geral da CMPC, Mauricio Harger.

Desde que chegou no município, a CMPC gera milhares de empregos e movimenta a economia de Guaíba e do Rio Grande do Sul ao estimular a compra de insumos para a produção de celulose com fornecedores locais Dos mais de 900 colaboradores diretos da companhia 64% são residentes de Guaíba, 23% de cidades próximas e 13% de Porto Alegre. Além disso, entre os mais de 5,6 mil colaboradores indiretos aproximadamente 46% vivem no município. Dos mais de R$ 2,2 bilhões em compras feitos para produzir a celulose, 23% é contratado em Guaíba e 71% no RS.

Por meio do diálogo e da criação de valor compartilhado, a CMPC investe cerca de R$ 30 milhões para colocar em prática o maior programa de investimento social privado do Rio Grande do Sul, com mais de 40 iniciativas com foco na educação, geração de renda e na qualidade de vida, das comunidades vizinhas às suas operações. Juntas, as ações beneficiam diretamente 40 mil pessoas, dentro de 278 comunidades em 62 cidades gaúchas.

Programação

Na quinta-feira, dia 7 de novembro, as atividades iniciaram às 18h com uma feira gastronômica do Food Park. Às 19h, os jovens da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA Jovem) fizeram um show especial junto com Renato Borghetti e os alunos da Fábrica de Gaiteiros. Em seguida, às 20h30, a dupla de música tradicional gaúcha César Oliveira e Rogério Melo, o grande destaque do primeiro dia de festa, subiu ao palco. Ainda, em paralelo às atrações, oficinas de vôlei e skate aconteceram na praça oferecendo aulas de iniciação no esporte até o fim da programação.

Já no domingo, dia 10 de novembro, a programação iniciou mais cedo, a partir das 13h e contou com atrações até às 20h. Quem abriu o palco foi a Orquestra e Ballet do PROJARI Guaíba, seguido da apresentação de Dança Hip-Hop organizada pela mesma iniciativa. Às 15h, a Bandinha do Barulho se apresentou com uma formação de jovens e adultos do Centro de Referência de Assistência Social Sementes do Amanhã. O espetáculo circense do Grupo Tholl arrepiou o público e, quem encerrou as atrações do palco, foi a atração nacional Melim.