CMPC apoia projeto Água na Escola em comunidade quilombola de São Gabriel (RS)

19/05/1919

Com o objetivo de apoiar iniciativas de relevância social nos municípios em que está presente, a CMPC, fornecedora no mercado global de celulose branqueada de eucalipto e de papel para impressão e escrita, vai inaugurar, no dia 29 de maio, em conjunto com a Prefeitura de São Gabriel (RS), uma obra que possibilitou o abastecimento de água potável da EMEF Baltazar Teixeira. O novo sistema vai atender cerca de 90 alunos, professores e funcionários da escola, que fica próxima à comunidade quilombola de Cerro de Ouro, mais conhecida como Liberdade Africana.

A iniciativa teve início com um levantamento feito pela CMPC para verificar as necessidades daquela região e viabilizar um apoio técnico e financeiro por meio de suas ações sociais. Após a análise, o povoado quilombola de Cerro do Ouro foi escolhido para o projeto-piloto, desenvolvido em parceria com a Prefeitura, Secretaria de Educação de São Gabriel, SG Saneamentos, Emater e Unipampa. No diagnóstico, foi identificado que não havia abastecimento de água potável na escola Baltazar Teixeira, fazendo com que os alunos tivessem de levar garrafinhas de água para o consumo durante o período de aulas. Além disso, o preparo da merenda também exigia que água utilizada fosse armazenada em bambonas. A uma distância de 1.500m da escola, um estudo altimétrico identificou a existência de um poço que estava ocioso.

Ao verificar que ele poderia atender às necessidades de água da escola, a parceria público-privada possibilitou a instalação de uma rede de água, postes de rede elétrica, bomba de água e cloradores.

Um grupo de alunos dos cursos de Engenharia Florestal e Gestão Ambiental da Unipampa acompanhou todas as etapas da obra, desde a abertura das valas para enterrar os canos do poço até a caixa principal. Por fim, a ligação com a caixa de água da escola. Esse projeto-piloto é resultado de uma parceria de sucesso entre as iniciativas privada e pública, uma vez que fomos procurados pela CMPC para, em conjunto com a Unipampa e outros parceiros, verificarmos qual seria a melhor forma de investir recursos financeiros da empresa em benefício da comunidade. Como próximo passo queremos levar o abastecimento de água para as famílias das comunidades do entorno que estão em situação de vulnerabilidade social, afirma Julianne Munhoz, bióloga que trabalha com Educação Ambiental na Secretaria Municipal de Educação de São Gabriel.

No dia 29 de maio, a partir das 8h, haverá a inauguração oficial da obra do projeto Água na Escola, com apresentação da peça de teatro Importância da Água, oferecida pela SG Saneamentos e Emater, e de música pelos alunos da Fábrica de Gaiteiros, iniciativa do músico Renato Borghetti que também conta com o apoio da CMPC.

Entender as necessidades das comunidades onde estamos presentes e poder contribuir para que as pessoas tenham uma qualidade de vida melhor está dentro da nossa visão dos 3 C’s, de criar soluções modernas a partir da celulose, conviver com nossas comunidades vizinhas desenvolvendo iniciativas sociais e, conservar a manutenção das nossas vegetações nativas, explica Maurício Harger, diretor geral da CMPC.